Oscar 2009: Quem Quer ser um Milionário?


Durante quase quatro anos o SBT conseguiu a liderança com o programa “Show do Milhão”, assim como superou a audiência do “obrigatório” Jornal nacional com o “Topa ou não Topa”. Essa é uma das provas de como esses entretenimentos tentadores dominam a massa. Em “Quem quer ser um Milionário?” o jogo de perguntas e respostas é usado como um imã que prende o espectador ao filme como se tudo aquilo fosse a tempo real. Pegando este ponto como o mais interessante do roteiro, o que resta de Danny Boyle são funções comuns em sua narrativa.
.
O que não é tão trivial no longa são alguns acertos da direção de Boyle em fatores práticos: fotografia geralmente em cores quentes , focadas com alguns esquadros que resultam em ângulos belos (A por cima do trem é uma delas), além disso, uma trilha sonora moderna e auto astral, para não sair da tradição “bollywoodiana”, condução do elenco bem feita assim como o trabalho elogiável de seus atores e o melhor fica com a montagem caprichada sem fazer os observadores se perderem, o que, de certo modo, é difícil de acontecer já que o problema está no estilo folhetim de sua história.
.
Os erros mais curiosos neste trabalho são aqueles aos quais são vistos com mais freqüência. Algumas mudanças de cenas quebrantam o clima tenso do mesmo e com isso prolonga alguns impactos na história e evidencia a estratégia de colocar para o desfecho alguns abalos que não se tornam tão fortes justamente por esse adiantamento. O espectador intrigado pelo jogo pode agravar-se pela suspensão da narrativa. Talvez não fosse tão incomodativo se nesses “Play-stop” tivessem algumas novidades sobre a pobreza que já vimos por diversas vezes em programas televisivos e principalmente pelas inevitáveis lembranças a “Cidade de Deus”.
.
Aqui, em “Slumdog”, os estereótipos dos personagens não se diferenciam de qualquer outra película onde há a gangue coordenada por um Mal feitor milionário, que serve como a bendita barreira para o amor de Jamal e Latika, típico até mesmo de novela! Além de outros termos batidos que vão sendo expostos no desfecho, junto com a esperada dança, que, para mim, tem o seu “Q” de chatice.
.
Ainda que muitos quesitos funcionem perfeitamente, Boyle falha por ter dado mais continuidade no menos interessante, explorando mais os termos do romance do que o intrigado jogo e duvidoso destino de Jamal perante as torturas e interrogatórios da policia, Boyle falha por sua narrativa sem muitas novidades, diminuindo a força que o filme poderia ter e que ficou apenas no visual, resultando em uma insuficiência e com algo insuficiente não se pode ir muito longe.
.
.
Cotação: ロロロ (Filme Bom)

7 Response to "Oscar 2009: Quem Quer ser um Milionário?"

  1. Wally says:

    É talvez a opinião "menos elogiosa" que leio do filme. Mas ainda assim exalta que existe fatores positivos.

    Ciao!

    Hugon says:

    fiquei sabendo que vai rolar em abril a segunda edição do festival internacional de filmes curtissimos...

    acho que vale a pena falar a respeito...

    o site do festival é:

    http://www.filmescurtissimos.com.br

    Pois é, todo mundo de olhos em cima do filme de Boyle ... todos esperam que ganhe o OSCAR, e blá blá blá ... achei um excelente filme, mais não é o meu favorito !


    abraço!

    Só digo uma coisa buddy ...
    O debate sobre o filme depois de domingo ... vão ferver ...
    Abraços!

    Kamila says:

    Concordo com o Wally. Esta é a opinião menos elogiosa que li sobre "Slumdog Millionaire".

    Um dos melhores do ano, sem dúvida! Fantástica direção do Danny Boyle!

    Anônimo says:

    início criativo
    meio enlatado
    fim estilo novela

Powered by Blogger