TOP 30 - 22º,21º,20º e 19º colocados

Voltamos com a terceira exibição de mais quatro filmes do nosso TOP30. E passamos mais uma semana sem nenhuma novidade dentro dos qualificados, mesmo que “007 – Quantum of solace” tenha sido bem assistido, ainda a sua nota esta baixa. Talvez, se mais gente da bancada vê-lo o filme entre e esteja na lista oficial que será apresentada ao término do ano. Portanto vamos a mais quatro que mereceram ser lembrados, segundo a rede blogueira.


22º - Sweeney Todd - O Barbeiro demoniaco da Rua Fleet NOTA: 8,063



Alguns diretores conhecidos ficaram fora do TOP30, mas Tim Burton ainda manteve a sua força para não deixar "Sweeney Todd" de fora. Mostrando que Burton e Deep acertaram mais uma vez, e o blog "Anfitrião" mostra o porquê:

Contando com uma linda direção de arte e figurinos, Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet pode não emplacar uma música na cabeça do espectador, mas é mais um acerto da dupla Tim Burton e Johnny Depp, ou deveria dizer “trio”, já que a presença de Helena Bonham Carter é cada vez mais constante.

.

.... Por Marco do “Anfitrião”


21º Não Estou lá (I`m Not There) NOTA: 8,071


Para ser sincero, durante esse ano, "Não estou lá" não foi um filme que me chamou a atenção. Ouvi mais elogios do que críticas, mas os fatores que diziam serem ruins, não me dispertava. Porém, durante os meus cálculos pude perceber que realmente se trata de um bom cinema, pois é mais de uma história dentro de um só universo e várias pessoas em um só personagens. Figuras essas descritas muito bem pelo "Portal Cine":

Nós temos: o garotinho negro Marcus Carl Franklin - sua origem folk e sua idolatria por Woody Guthrie; Christian Bale (Batman - O Cavaleiro das Trevas) - seu sucesso inicial como cantor político; Cate Blanchett (Elizabeth: A Era de Ouro) – a versão “guitarra elétrica” e viciada em estimulantes; Heath Ledger (Batman - O Cavaleiro das Trevas ) - o lado “família” e sua experiência com o Cinema; Ben Whishaw (Perfume: A história de um Assassino) - o lado poeta; e Richard Gere (O Vigarista do Ano) - o misantropo farto da exposição e das cobranças.

.

... Por Robson Saldanha do “Portal Cine”


20º Homem de Ferro (Iron Man ) NOTA: 8,114


Dentre esse filmes com um roteiro mais , digamos, ''não-blockbuster'' eis que aparece esse eletrizante trabalho. De efeitos e lutas geniais e uma trilha sonora que faz jus ao trabalho. A critica, em alguns sites, reclamaram da narrativa sem muitas novidades, mas no "Tudo é Crítica" vemos que não é por isso que devemos rebaixar o longa:
.

Aqui, a dose de cenas absurdas é perfeitamente adequada ao desenrolar da trama. Tudo foi acertado, desde a pré-produção do filme até os créditos finais. A escolha do elenco foi quase impecável (...)o filme não se contenta em divertir e entreter aos intelectuais. Com grandes efeitos especiais uma direção que merece ser lembrada, o longa conta com um roteiro poucas vezes visto em filmes do gênero. Fitas como X-MEN, Homem Aranha, Batman, sempre serviram de pote para o deleite dos fãs. Em Homem de Ferro não é diferente.

.

...Por Pedro Henrique do “Tudo é Crítica”


19º A Espiã ( Zwartboek / Black Book) NOTA: 8,125


Conhecia pouco deste filme, antes de preparar o TOP30. Assim comprei o DVD, mas ainda não conferi a capacidade que ele chega, e não resta muitas dúvidas de que é realmente um filme de qualidade, não só por estar entre os 20 melhores, mas também pelo o que foi dito no "Cine Vita" sobre o mesmo:
.

A intercalação genuína entre cenas de intriga, sexo e violência é, por isso, primordial para a construção do filme, que é bom cinema, independente de ser históricamente e politicamente superficial. A direção pode ser focada no melodrama, mas o ritmo é ágil o suficiente para casar admirávelmente bem com toda a trama, bem instigante e interessante. O melhor de tudo deve ser o diferencial em relação ao protagonista do filme que é, acima de todas as chances, uma mulher, fazendo papel de heroína em um tempo conturbado onde não se sabia distinguir heróis de vilões. E assim entra Carice van Houten que, além de cantar maravilhosamente bem no filme, é também uma boa e competente atriz, empregando à personagem uma sensibilidade necessária, em contraponto à sua postura sempre audaciosa frente às autoridades e às leis impostas em um tempo de opressão.

.

... Por Wallysson Soares do “Cine Vita”




Até a próxima e agradeço aos comentários.


9 Response to "TOP 30 - 22º,21º,20º e 19º colocados"

  1. Quatro ótimos filmes.
    Iron Man é um dos melhores filmes de heróis adaptados de HQ de todos os tempos, na minha opinião.
    Gostei bastante de Sweeney Todd, mas sou suspeito para falar, já que sou fã do Tim Burton.
    A Espiã confirma o talento subestimado de Paul Verhoeven, dirigindo um filme em sua terra natal, abandonando as restrições de Hollywood.
    E I'm not there é a cinebiografia mais diferente que já assisti.

    Kau says:

    Opa, ver A Espiã aqui é ótimo! Filme extremamente subestimado... O mesmo eu digo de Não Estou Lá, o qual entrou fácil no meu top 10.

    Já Sweeney, e dispenso!

    Abraços.

    Homem de ferro demora um pouco para convencer, mas depois se transforma num excepcional filme de ação provido de um conteúdo inteligente.

    Abraços!!!!

    Iron Man é uma obrigação está na lista. A ressureição definitiva da Marvel que estava entregando ... lixos cabulosos ...
    Good demais ... ehehehe ...

    Só a sequencia do primeiro vôo consegue ter a mesma magia que Superman criou em 1978 ...
    Abraços

    A cada novo post, a lista está ficando melhor! A seleção dessa semana está impecável - curioso que todos receberam mesma cotação por minha parte (4 estrelas e nota 8,0). Acho que meu favorito é mesmo "A Espiã", seguido de "Homem de Ferro". Abraço!

    Wally says:

    Mais uma ótima seleção! E muito obrigado pela menção à meu texto de "A Espiã", filme que gostei bastante.

    Minha listagem ficaria assim:

    1-Sweeney Todd (9.0)
    2-Não Estou Lá (8.5)
    3-Homem de Ferro (8.5)
    4-A Espiã (8.0)

    Ciao!

    não gosto de Sweeney mas AMOOOO Iron Man e a Espiã, dois excelentes filmes. Ainda nao vi I´m not there, mas estou louca para conferir.
    bjoooo

    Opa, apareci!

    Realmente eu gostei de Não Estou Lá, valeu a pena!

    Sweeney não me agradou, odeio musicais! e Homem de Ferro é fantástico!

    Kamila says:

    Que beleza ver "A Espiã" tão bem colocado! Eu adorei este filme do Paul Verhoeven. Uma agradável surpresa essa!!!!

Powered by Blogger