TOP 30 - 18º,17º,16º e 15º colocados

SURPRESA!!

Não. Não é uma surpresa eu estar aqui, mas "Surpresa" é a palavra dessa quarta divulgação do TOP30. Algumas citações de trechos de criticas dos outros blogs na rede, irão se repetir. Saibam que não é questão de sorteio ou algo assim, pois leio todos as resenhas e escolho aquela que mais se destacou. E vocês vão começar a perceber que alguns filmes que aparentavam estarem certos na lista não estão sendo citados. Enjoy...

18º A Familia Savage ( The Savages ) NOTA: 8,171

Outro filme ao qual tanto comentam bem e eu ainda não assisti, mas sei que devo estar perdendo boa coisa. Aparenta ser um filme delicado e o elenco com certeza é muito bom, segundo o Luciano Lima do "A Sala" que mais uma vez é citado aqui no Blog:

É nesse trio que o roteiro se desenvolve muito bem. Jenkins demonstra o talento bastante peculiar de conseguir se ater a diálogos mais realistas possíveis, mesmo que eles resultem em momentos de silêncio que evidenciavam bem as barreiras existentes entre os irmãos. Talvez a maior qualidade seja realmente essa, pois isso evita aqueles apelos forçados, evidentes tentativas de fazer o espectador ir às lágrimas. O longa da diretora não é de levar às lágrimas, mas, sim, de tocar fundo e nos fazer questionar alguns valores, algumas prioridades.

.

... Por Luciano lima de “A Sala”.


17º Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal - NOTA: 8,212


Este nostálgico filme não deveria deixar de estar aqui. Acho até uma posição justa já que tivemos filmes com outras pretensões este ano. Mas, diversão de boa qualidade é sempre bem-vinda assim como os trechos das críticas feita pela Cecilia do "Cenas de Cinema" que mais uma vez é exposta aqui:

O filme é um barato. E, além de manter muitas das características dos anteriores, ainda nos faz matar a saudade de produções despreocupadas e divertidas, que não precisam apelar para a violência gratuita e muito menos para mulheres peladas. Até a tecnologia utilizada é diferente e muito mais clean do que a que vemos em similares do gênero.

.

... Por Cecília Barroso do “Cenas de Cinema”.


16º O Banheiro do Papa ( El baño del Papa) NOTA: 8,250



Isso mesmo! Quem diria que essa produção uruguaia estaria não só no TOP30, mas também tão bem colocada? Espero que assim o filme seja mais desejado a vista de quem ainda não viu, e o blog "Pelo Lado de Fora do Cinema" mostrou que não devemos subestimar os ricos trabalhos de paises tão pobres:

Totalmente cálido e representativo porque mostra os uruguaios realmente como eles são, com suas ilusões de seguir adiante, com a esperança às vezes incoerentes e sua ingenuidade, com a alma sã e mal intencionada. É um orgulho esse filme feito com suor e lágrimas como tudo que fazemos desse lado do mundo. Verdadeira e maravilhosa que descreve a vida em qualquer povoado do Uruguai e de quase todos os paises da América do Sul.
.
... Por Peterson Cera do "Pelo lado de fora do Cinema".

15º Bella ( Bella) NOTA: 8,250

Uma baita conhecidência entre "Bella" e "O Banheiro do Papa": duas grandes surpresas dentro do TOP , muito bem colocadas e ambas com a mesma nota! (O critério de desempate é o maior numero de notas 10) além desta co-produção também ser mais um exemplo do quanto existem tesouros escondidos por esse mundo cinematográfico. É o que foi muito bem falado no "Blog do Vinicius".

Além do trabalho impecável de roteiro e direção (Monteverde domina muito bem as duas áreas, o que é impressionante por se tratar de seu primeiro trabalho), Bella não teria o mesmo impacto se não fosse o desempenho de seu elenco de desconhecidos da maioria do público, especialmente o casal de protagonistas. Tammy Blanchard não só é perfeita para seu papel como vai além e entrega uma das melhores atuações do ano, numa performance que merecia ser reconhecida pelas grandes premiações. Mesmo com isso, fiquei especialmente comovido com o desempenho de Eduardo Verástegui, o qual convence completamente num personagem bastante denso. É incrível como seu trabalho foi esnobado pela mídia, bem como o próprio filme. Vencedor do principal prêmio do Festival de Toronto, Bella é o caso típico de que bom cinema não é artigo raro desde que bem procurado. E se não resistirem às lágrimas durante a sessão, não digam que foi por falta de aviso.

.

... Por Vinicius Pereira do “Blog do Vinicius”.


9 Response to "TOP 30 - 18º,17º,16º e 15º colocados"

  1. Uau, que surpresa mesmo ver "Bella" numa posição tão boa, por isso mesmo agradeço por ter colocado meus comentários a respeito do longa ;-) Também adoro todos os outros filmes da lista, especialmente "A Família Savage", uma maravilha. Abraço!

    Família savage é só mais uma prova da competência de Laura Linney e Philip Seymour Hoffman, que acertam em cheio na mistura drama e comédia desse filme.

    Abraços!!!

    Kau says:

    Nossa, acho que discordo muito por Indie estar tããão na frente assim... rs

    Abraços!

    Essa parte do Top demonstra o equilibrio sensivel entre os grandes filmes e os filmes de cunho sensivel ... Não considero surpresa O Banheiro do Papa quanto Bella, mas sim uma prova de que existe um cinema sensivel e belissimo fora do mainstream.

    Abraços

    Kamila says:

    Estou felicíssima com a presença de "Bella", um dos meus filmes favoritos de 2008.

    Adorei A Familia Savage. Achie tão diferente e bom ao mesmo tempo!

    Não vi os dois últimos.
    A família Savage é o melhor dos dois que vi. Me surpreendi bastante co mele. Indiana Jones é bom, mas bastante inferior aos outros da franquia.
    Abraço!

    quero ver um comentario meu por aqui hem rs...


    [o egocentrico rs]


    e discordo bastante desta porcaria de indiana jones estar aqui rs...

    Wally says:

    Mais ótimas seleções. Só não vi ainda O Banheiro do Papa, infelizmente. Já todos os outros três ganham 4 estrelas minhas.

    Ciao!

Powered by Blogger