Um Crime Americano ( An American Crime) 2008




Faça comigo: Aponte o seu dedo indicador para frente, como se tivesse apontando para um ser e repare que enquanto um direciona-se a uma pessoa , três retornam para você. Em um momento de pressão mental, não prestaríamos atenção no que vem a nós, mas sim no que vai para os outros. Nos erros alheios. Assim, a desequilibrada Gertrude Baniszewski, pratica suas excessivas e injustas torturas físicas, sexuais e morais sobre Sylvia com o intuito, para ela imparcial, de educá-la e ser um membro rígido e seguidor da igreja.

Com uma narrativa passada após todo o ocorrido, através do julgamento de “Gertru” , a estrutura do longa é bem delineada entre o psicologicamente nojento e o visivelmente chocante. Assim, o espectador deixa para sentir a tristeza do filme próximo ao epilogo mostrando uma personagem dividida entre o padecer e a sua fé.

O que Tommy O`Haver faz é definir suas vistas sobre quem tortura e não sobre quem é torturado. Sendo assim, Gertrude passa uma boa porcentagem de desconforto para nós observadores, não exatamente pelos seus atos, mas por sua situação psicologicamente imunda. Por isso Catherine Keener tem uma atuação fantástica, dando conta dos momentos mais difíceis, até puxando o destaque que era para ser de Ellen Page, que mesmo possuindo uma atuação no mesmo nivel do que em "Hard Candy" , mas um pouco inferior a "Juno" , aqui, como coadjuvante, a atriz mostra que se adapta a várias circunstâncias.

O`Haver ainda trai o espectador em seu desfecho sublime. Audacioso a sua maneira de torcer o clímax, mostrando que o que desejávamos poderia ter acontecido, mas tudo cai em um sentimento de peso sobre nós espectadores, pois a moral de “Um Crime Americano” é prevalente: no final das contas, todos tiveram a oportunidade de travar este crime e todas as torturas, mas ninguém fez nada sobre o assunto, nem eu e nem você. Por fim, é tanto a sua culpa, uma vez que de Gertrudes (Viu como a brincadeira dos dedos procede?)

Um dos filmes mais finos que mostra um dos mais horríveis casos do século XX , ainda que convivamos com essa crueldade hoje em dia, ao saber que uma criança foi jogada da janela de um prédio ou presa e torturada durante toda a melhor fase da vida.

- Porque você fez isso?
- Eu não sei, Senhor!

Cotação: ロロロロ ( Filme ótimo )



Nos Cinemas

5 Response to "Um Crime Americano ( An American Crime) 2008"

  1. Vi umas fotos de Ellen Page nesse trabalho e estranhei pelo fato de vê-la somente em Juno, mas parece valer a pena não é? Acho que verei em breve.

    Kamila says:

    O estranho deste filme é que foi lançado diretamente na TV dos EUA, mas ganhou lançamento internacional nos cinemas. Quero muito conferir este trabalho, acho a história interessante e aposto que veremos atuações de alto nível.

    Wally says:

    A história me intriga e o elenco me deixou bem ansioso. Assim que achar, verei.

    Ciao!

    Bom texto!
    Já vinha lendo comentários pelo orkut sobre o filme e parece ser muito interessante. Mas tem um filme sobre tortura infantil que disseram que é muito chocante, chamado The Girl Next Door.

    Estou com o filme. Só falta me decidir se será essa semana que eu o verei.

    Abraços, boa semana.

Powered by Blogger